Publicação: Cooperação internacional para o desenvolvimento de biocombustíveis sustentáveis – um exemplo brasileiro-alemão

Esse artigo apresenta a motivação do projeto internacional de pesquisa “Integrated Modeling of the Land Use, Water and Energy Nexus of Brazilian Biofuels Expansion under Climate Change” (CLIMA), apoiado pelo German Federal Ministry for the Environment, Nature Conservation, Building and Nuclear Safety (BMUB) sob sua International Climate Initiative (IKI).

Biocombustíveis do Brasil são frequentemente citados como caso de sucesso, não só para o suprimento do mercado doméstico, mas também para consumo internacional, dadas as – até agora – relativamente baixas emissões de gases de efeito estufa, pouco desmatamento induzido devido à alta disponibilidade de terras para culturas energéticas, e metas de inclusão social de agricultores familiares. Neste contexto, a União Europeia e outros vêm discutindo acordos bilaterais com o Brasil para fornecer etanol e outros biocombustíveis sustentáveis, onde o país é visto como um caso de teste para a expansão do setor, com critérios rígidos tanto na área social como ambiental.

Obermaier, M.; King, C.; Moreira, M. (2013). Cooperação internacional para o desenvolvimento de biocombustíveis sustentáveis – um exemplo brasileiro-alemão. Cadernos Adenauer 14, pp. 81-98.

Foto: Midia NINJA (CC BY-NC-SA)

CLIMA: Publicação Obermaier et al. (2013)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *